Tempo de trabalho sem registro pode ser contabilizado para aposentadoria

Caged: país tem saldo positivo na geração de emprego em junho
Contrai a Covid-19? Quais são meus direitos?

Holerites e recibos de pagamentos dos salários são aceitos como documentos comprobatórios.

Trabalhar em uma empresa sem nenhum registro na carteira de trabalho é uma situação muito comum para os brasileiros, mas o que muitos não sabem é que mesmo sem o registro na CLT os trabalhadores poderão incorporar o tempo de serviço no pedido da aposentadoria.

Nesse caso, será preciso comprovar o exercício da atividade trabalhista fora da CLT, através de contrato entre o funcionário e o empregador, recibos do pagamento de salário, entre outros.

Para que a situação seja resolvida de forma rápida, é necessário entregar ao INSS todas as informações completas e corretas, isso é importante para a tramitação da solicitação da aposentadoria.

Mas quais provas é preciso ter para comprovar o tempo de trabalho sem registro? Veremos a seguir.

Documentos necessários

São necessárias provas documentais, pois o INSS e a Justiça do Trabalho não aceitam prova testemunhal como única comprovação (esse tipo de prova só é válido como prova complementar).

Designed by @bilahata / freepik

Designed by @bilahata / freepik

Veja quais documentos utilizar:

  • Fotos;
  • Documentos de férias ou recessos;
  • Extratos bancários de pagamentos do salário;
  • Recibos de pagamento;
  • Ficha de registro da empresa;
  • Holerites.

Por: Ana Flávia Correa

Fonte: Jornal Contábil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp