Seminário discute diversidade e inclusão

Pronatec já tem mais de 50 mil pré-matrículas
Prefeitura promove evento

O Sindicato dos Químicos de Nova Iguaçu, através do presidente Sandoval Marques, compareceu ao seminário “Diversidade e Inclusão”, realizado nesta última terça-feira, na Casa de Cultura. “Somos incentivadores da política de inclusão social para as pessoas portadoras de deficiência, especialmente, no mercado de trabalho. Sempre publicamos vagas para eles e acreditamos que devidamente capacitados e com o cargo adequado, eles são ótimos profissionais”, disse.

Trabalhando há mais de 20 anos com deficientes físicos,  a palestrante  e psicóloga Maryse Suplino, do Instituto Ann Sullivan, explicou que o fundamental é buscar sempre uma melhor qualidade de vida. “Quando falamos de inclusão social chamamos todos os setores da sociedade para o debate, além de mostrarmos o que é diversidade”, disse.

O evento contou com a participação da prefeita de Nova Iguaçu, Sheila Gama, que relembrou seu trabalho de 21 anos a favor das causas dos deficientes físico. “Quando criei a Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência na Cidade de Nova Iguaçu (Semdepdef) pensei no respeito e dignidade que os deficientes merecem ter. Trabalhamos 24 horas com responsabilidade, lealdade e transparência. Nesta causa, a participação dos empresários é fundamental. Li numa matéria que Nova Iguaçu tem 64 mil pessoas com deficiência, mas acredito que este número é bem superior. O importante é que a sociedade está abraçando esta causa”, concluiu.

Já a secretária da Semdepdef, Daniela Cardoso, fez um rápido balanço da atuação do órgão, que completou um ano de existência. “Neste primeiro ano tivemos muitas conquistas. De janeiro para cá, por exemplo, já entregamos 590 cartões Riocard; capacitamos professores em braille, libras e autismo; e encaminhamos mais de 300 pessoas com deficiência física ao mercado de trabalho. Foi um ano de muito trabalho, mas muito gratificante. Uma das nossas metas agora é fazer o censo para sabermos exatamente o número de deficientes físicos que temos na cidade”, concluiu Daniela, que entregou certificados de participação aos empresários parceiros da Secretaria.

Também estiveram presentes o secretário municipal de Trabalho e Emprego Anselmo Luiz Cardoso Jund, da presidente da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (Fenig), Mariana Duayer de Souza, alunos da Escola de Educação Especial Professora Sheila Gama (que funciona na Apae), e público em geral.

Os comentários estão encerrados.

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp