Rodoviários de Volta Redonda conquistam reajuste de 10%

Sindicato dos Químicos de Nova Iguaçu cria banco de currículos
Dilma convoca reunião de emergência com ministros para esta sexta-feira

voltaredondaO Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Volta Redonda e Região acaba de conquistar 10% de aumento retroativo a 1º de março, sem parcelamento. Outras conquistas apontadas como importantes pelo presidente José Gama são 25% de reajuste na cesta básica e outros 10% na Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O piso para motorista, que era de R$ 1.546,00, passou para R$ 1.760,00. As demais cláusulas foram mantidas como acordado na Convenção Coletiva anterior.

Para José Gama, a luta que se estende desde o início do ano termina com ganho real e avanços. “Fizemos uma avaliação e chegamos à conclusão que, comparando ao que foi conquistado por sindicatos de outras bases territoriais, fechamos um bom Acordo. No Rio, foi 8% em março e 12% em junho. Lá, houve parcelamento, e nós conquistamos o índice de uma vez só, retroativo a março. Em São Paulo, a negociação está em 7,16% e não há acordo. Considero que conseguimos avançar”, avaliou José Gama.

O líder sindical explicou que a prorrogação de 90 dias, prazo dado a partir da data base para negociação, não existe mais. “Sempre ficávamos presos nesses três meses para negociar e muito do trabalho de mobilização era prejudicado. Agora, isso acabou. Data base é data base”, arrematou Gama.

Fonte: Assessoria de Imprensa Força Sindical RJ

 

Os comentários estão encerrados.

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp