Redução de jornada e salário se concentra nos trabalhadores de 30 a 49 anos

Em meio ao coronavírus, dívida pública deve bater recorde e passar de 90% do PIB
As oportunidades na Educação em tempos de pandemia

Sudeste lidera acordos com 53,7%

Empresas pequenas são maioria

As medidas de redução salarial tem sido adotadas devido ao impacto econômico provocado pela pandemia da covid-19



05.maio.2020 (terça-feira) – 6h00
atualizado: 05.maio.2020 (terça-feira) – 7h45

Os trabalhadores na faixa etária de 30 a 49 anos são 51,1% dos 5.447.937 que assinaram acordo para reduzir salários e jornada de horas. Os dados computados vão de 1º de abril até 4 de maio.

acordos de redução de salário e jornada

com base na Medida Provisória 936 (de 1 de abril a 4 de maio às 16h30)

faixa etária nº de acordos %
até 17 anos 53.292 1,0
18 a 24 anos 981.637 18,0
25 a 29 anos 909.138 16,7
30 a 39 anos 1.666.017 30,6
40 a 49 anos 1.114.436 20,5
50 a 64 anos 680.439 12,5
mais de 65 anos 42.978 0,8
fonte: Secretaria Especial de Previdência e Trabalho

As companhias com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões por ano concentram 56% dos acordos. O Sudeste lidera de longe entre as regiões: 53,7%.


A redução de metade da jornada e do salário representa 16,3% dos acordos, mais do que as outras opções de diminuição.

As suspensões são maioria no acumulado (58%). Mas o secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, disse em entrevista ao Poder360 que nos últimos 20 dias os acordos para redução ultrapassaram os de suspensão.

tipo número %
suspensão de contrato 3.157.680 58,0
redução de 25% 554.952 10,2
redução de 50% 886.809 16,3
redução de 70% 681.427 12,5
intermitentes 167.069 3,1

*a soma ultapassa 100% por conta de arredondamentos
fonte: Secretaria Especial de Previdência e Trabalho

Fonte: Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp