Químicos da Força entregam Pauta de Reivindicações

Proposta susta norma para trabalho com máquinas na indústria
Cidades-sede da Copa ocuparão 50 mil vigilantes temporários

PAUTA REIVINDICACOESNesta última terça-feira, dia 25 de fevereiro, as lideranças da FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo), entidade filiada à Força Sindical e à CNTQ, e de seus Sindicatos filiados, estarão reunidas a partir das 12 horas, na sede da entidade, na Rua Tamandaré nº 120, bairro Liberdade, São Paulo SP, para a aprovação da Pauta de Reivindicações da Categoria e, a posterior entrega da mesma aos representantes patronais

 Nas últimas semanas, os sindicatos filiados a FEQUIMFAR realizaram suas assembleias, com a participação dos trabalhadores e trabalhadoras da base, em todo o Estado, para a provação da pré-pauta reivindicatória da categoria.

 As reivindicações foram deliberadas no dia 07 de fevereiro, pelos dirigentes da FEQUIMFAR e de seus sindicatos filiados, no Seminário de Negociação Coletiva do setor industrial farmacêutico, realizado na cidade de Praia Grande SP.

O evento desta terça-feira dará sequencia ao andamento da Campanha Salarial e Social dos trabalhadores nas indústrias químicas e farmacêuticas do estado de São Paulo, cuja data base é 1º de abril, para a avaliação dos resultados das assembleias na base.

No mesmo dia e local, a partir das 14 horas, a Pauta de Reivindicações deverá ser entregue aos representantes patronais do SINDUSFARMA.

Destaques da Pré Pauta de Reivindicações

• Reajuste salarial: 5% de aumento real + INPC (inflação do período)

• Piso salarial de R$ 1.400,00

• PLR no valor de 02 salários normativos

• R$ 200,00 de cesta básica ou vale-alimentação

• Acesso gratuito aos medicamentos para os trabalhadores e seus familiares

• Licença Maternidade de 180 dias

“A valorização dos salários dos trabalhadores é imprescindível para o crescimento econômico e, consequentemente, o desenvolvimento do País, bem como para o desenvolvimento social de toda a Nação. Não vamos medir esforços para conquistar reajustes no piso, nos salários e na PLR, para que façam justiça com a realidade do setor”

Sergio Luiz Leite, Serginho

presidente da FEQUIMFAR

“Este ano, iremos discutir principalmente as cláusulas econômicas, já que as cláusulas sociais estão garantidas até 2015, conforme determina a convenção coletiva já assinada. Para esta campanha, nossas principais bandeiras de luta são aumento real nos salários e na PLR.”

Edson Dias Bicalho

secretário geral da FEQUIMFAR

“Os anseios dos trabalhadores e entidades sindicais de todo o país, pertencentes ao ramo químico, estão voltados para esse seminário do setor industrial farmacêutico do estado de São Paulo. Muitas das questões que serão abordadas neste seminário, junto à pauta de reivindicações da categoria, também serão avaliadas e discutidas nos demais estados da nação. Nosso amplo apoio e comprometimento com os companheiros do estado de São Paulo, pela valorização dos ganhos econômicos e sociais, nesta campanha dos trabalhadores e trabalhadoras do setor industrial farmacêutico.”

Antonio Silvan Oliveira

presidente da CNTQ (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Químico)

Informações sobre o setor farmacêutico

Tanto as vendas em R$ quanto em unidades vêem crescendo desde 2004;

Em 2013, as vendas em R$ tiveram um crescimento de 16,99%, sendo o terceiro melhor resultado no período;

Já as vendas em unidades tiveram um crescimento de 11,79%, sendo também o terceiro melhor resultado;

As vendas em US$ tiveram um crescimento de 5,97%, sendo o terceiro menor resultado no período;

Comparando os resultados das vendas de 2013 com os de 2003, observam-se os seguintes crescimentos:

292% em R$ (2013 = R$ 58,04 bilhões / 2003 = R$ 14,78 bilhões);

454% em US$ (2013 = US$ 26,91 bilhões / 2003 = US$ 4,85 bilhões);

138% em unidades (2013 = 2,89 bilhão / 2003 = 1,21 bilhões).

As exportações alcançaram o valor de US$ 1,51 bilhão no ano de 2013, com alta de 1,42%, representando 0,63% das exportações totais do país;

Com esse resultado, já são impressionantes treze anos consecutivos de crescimento nas exportações.

Fonte: Força Sindical

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp