Os possíveis crimes listados para o “super impeachment” de Bolsonaro

Novo Bolsa Família pode liberar 30% do benefício para pagar crédito consignado
Índice de preços ao consumidor acumula alta no ano

O atual presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) declarou ao Valor Econômico que não vai acatar ao “super pedido” de impeachment realizado por parte de oposição, centrais sindicais, movimentos sociais bem como de ex-aliados do presidente da república, Jair Messias Bolsonaro.

Conforme a declaração do presidente da Câmara o pedido é “sem novidade nenhuma”.

Imagem Agência Brasil

Imagem Agência Brasil

O super impeachment

O super impeachment contra Bolsonaro, apresentado nesta quarta-feira (30) na Câmara dos Deputados evidencia uma lista com os 23 possíveis crimes de responsabilidade cometidos pelo líder do Executivo.

A lista é dividida ainda em sete categorias onde entidades e parlamentares de todos os campos ideológicos, entregaram o documento. Conforme expresso no documento elaborado por juristas, estão listados os possíveis crimes:

  • Contra a existência da União;
  • Contra o livre exercício dos poderes legislativo e judiciário e dos poderes constitucionais dos Estados;
  • Contra o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais;
  • Contra a segurança interna;
  • Contra a probidade na administração;
  • Contra a guarda e legal emprego de dinheiro público;
  • Contra o cumprimento de decisões judiciárias.

No entanto, como declarado por Lira, o pedido não deverá ser acatado.

Fonte: Jornal contábil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp