O coronavírus no Brasil e no mundo: onde a pandemia está agora

Valores descontados indevidamente do seu Salário? Sabia que você pode recupera-lo?
Caixa pagará R$ 1,2 bi da 1ª parcela do auxílio emergencial nesta 6ª feira

Acompanhe os números do coronavírus


NÚMEROS NO BRASIL

  • infecções – 49.492 (+3.735 nas últimas 24h)
  • mortes – 3.313 (+407 nas últimas 24h)

 


 

Eis a curva de mortes no Brasil em comparação a outros países. O país tem uma trajetória de mortes diárias próxima à da Alemanha, com 4 dias a menos desde a 1ª morte registrada. Espanha, Itália e Reino Unido tem uma escalada mais acentuada, mas os 2 primeiros parecem já ter atingido o pico.


COVID-19 NOS ESTADOS

Eis a evolução de mortes e casos do coronavírus por região do país.



 

Rio de máscara

Na 5ª feira (23.abr) o uso de máscaras passou a ser obrigatório no município do Rio de Janeiro. A medida estabelecida em decreto assinado pelo prefeito Marcelo Crivella em 18 de abril tem como objetivo conter a disseminação do novo coronavírus.

  • Primeira-dama infectada – Helena Witzel foi diagnosticada com o coronavírus. Seu marido, o governador Wilson Witzel, também se recupera da covid-19.

Vulneráveis

A Câmara dos Deputados aprovou na 5ª feira (23.abr) projeto de lei que autoriza os Estados e os municípios a usarem, no combate à pandemia da covid-19, recursos que sobraram de 2019 nos respectivos fundos de assistência social. Segundo a relatora, deputada Sheridan (PSDB-RR), há R$ 1,5 bilhão.

Estados que planejam começar a relaxar a quarentena:

  • Distrito Federal – 3 de maio;
  • Minas Gerais – divulgará período na próxima semana;
  • Mato Grosso – 4 de maio;
  • Rio de Janeiro – data deve ser decidida nesta 5ª feira (23.abr);
  • São Paulo – 11 de maio;
  • Rio Grande do Sul – em maio.

Presídios: Papuda, em Brasília, é 1 foco

O Distrito Federal concentra 75% dos casos confirmados de coronavírus nos presídios. Estão todos na penitenciária da Papuda (via Poder360).


O CORONAVÍRUS NO MUNDO

Até as 23h20 de 5ª (23.abr), havia mais de 2,7 milhões de  infectados e mais de 190 mil mortes em todo o planeta. O total de pessoas que já foram curadas da covid-19 ultrapassou 750 mil  no mundo. No Brasil, são 26.573.

Entre os países mais afetados, o Brasil é o que tem menos mortes por milhão de habitantes. A Bélgica chama a atenção: a população é só de 11 milhões, mas o país tem mais de 6.000 mortos.


Nova York: subnotificação

Um programa de testes em massa no Estado estima que 2,7 milhões contraíram o coronavírus –10 vezes mais que o divulgado oficialmente. Na cidade de Nova York, 21% dos habitantes teriam anticorpos

Já 1 estudo da Northwell Health mostrou a ineficácia dos ventiladores respiratórios no tratamento de pacientes graves. No Estado, a mortalidade de quem utilizou os ventiladores é 97,2% nos idosos. Entre adultos com menos de 65 anos, essa taxa é de 76,4%

Remédios no mundo

O laboratório Eli Lilly anunciou que vai testar 1 remédio em humanos no próximo mês. Usará anticorpos do sangue de recuperados da doença. Se bem-sucedida, a substância pode ser liberada em setembro (via Wall Street Journal, para assinantes).

Já o Remdesivir, droga desenvolvida pela Gilead Sciences, não melhorou a condição dos infectados (via Observador).

Mais destaques:

  • Estados Unidos – deputados aprovaram projeto de US$ 484 bilhões para apoiar pequenas empresas e oferecer assistência a hospitais. Trump deve sancionar.
  • Espanha – Pedro Sánchez espera diminuir restrições na 2ª quinzena de maio. Autoridades de saúde avaliam que o pico de infecções foi atingido em 2 de abril.
  • Itália – governo italiano assumirá o controle da companhia aérea Alitalia em junho. O ministro Stefano Patuanelli (Indústria) afirma que a empresa faliu.
  • França – afrouxará a quarentena a partir de 11 de maio. O uso de máscaras não será obrigatório, mas recomendado. O comércio será reaberto. Mais detalhes serão divulgados na 3ª feira (28.abr).
  • Alemanha – governo lançará pacote adicional de apoio à economia de € 10 milhões.
  • Reino Unido – país tem capacidade de realizar 51.000 testes por dia, de acordo com o secretário de Saúde. Até o final do mês, pretende subir para 100 mil.

Indicadores de impacto

Poder360 compila a seguir os últimos levantamentos sobre como a pandemia afeta a economia:

  • Zona do Euro – o PMI (índice que mede a atividade industrial) atingiu 13,5 pontos em abril, menor valor da série histórica iniciada em 1998 (íntegra);
  • EUA – o PMI norte-americano atingiu 27,4 pontos em abril, menor valor desde 2009 (íntegra);
  • Alemanha – confiança do consumidor deve atingir -23,4 pontos em maio, menor valor da série histórica iniciada em 1980 (íntegra);

Fonte: Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp