Multinacional sul-coreana investe R$ 360 milhões no Sul Fluminense

SindiQuímica e Uniodonto firmam convênio
Ato em Brasília lembra vítimas de acidentes de trabalho

multinacionalTATIAIA – A empresa sul-coreana Hyundai Heavy Industries inaugurou ontem a primeira fábrica de equipamentos para construção pesada fora da Ásia, no município de Itatiaia, no Sul Fluminense. Com investimento de cerca de R$ 360 milhões (US$ 180 milhões), a unidade produzirá máquinas para a Construção Civil, como retroescavadeiras e escavadeiras. O governador Sérgio Cabral e o vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, visitaram a nova fábrica.

Durante a construção da planta industrial – cuja pedra fundamental foi lançada em 2011 – foram gerados 1,5 mil empregos. Em operação, a previsão é de que a empresa conte com 500 funcionários até 2015, quando a produção de máquinas chegará a cinco mil unidades por ano.

Durante a solenidade,  o governador Sérgio Cabral destacou que a instalação da unidade trará mais desenvolvimento econômico ao Sul Fluminense.

– É a primeira vez que a Hyundai Heavy Industries instala uma fábrica na América Latina, e isso é uma conquista extraordinária. Será importante para o desenvolvimento do Brasil em termos de infraestrutura. Gerará empregos, impostos e prosperidade em Itatiaia. O Sul Fluminense é uma das regiões que mais crescem no Sudeste do país – afirmou Cabral.

Para o vice-governador, o empreendimento será importante para o setor de Obras e Construção no estado.

– É um prazer inaugurar uma empresa dessa magnitude e de um segmento tão importante para o Rio de Janeiro. O Estado realiza inúmeras obras estruturantes atualmente, como por exemplo, obras de estradas e de saneamento. A fábrica da Hyundai chegou em um momento propício, pois precisaremos de equipamentos e maquinários – disse Pezão.

Aposta no crescimento do país

O presidente da Hyundai Heavy Industries da Coreia do Sul, Choe Byeung Ku, estava satisfeito com o primeiro investimento feito pela empresa no Brasil.

– Com a proximidade da Copa do Mundo e das Olimpíadas, há uma grande demanda e uma expectativa de crescimento muito grande no segmento de máquinas pesadas de Construção Civil no país. O Brasil é importante na economia mundial, e acredito muito nessa potencialidade. Queremos colaborar para o desenvolvimento, não só de Itatiaia, como de todo o país – explicou Choe Byeung Ku.

Os comentários estão encerrados.

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp