Ipea prevê crescimento do PIB em 3% este ano

Trabalhadores da Norsil participam de assembleia do SindiQuímica-NI
SindiQuímica-NI promove assembleia com trabalhadores da Grande Rio

O crescimento do PIB, Produto Interno Bruto, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país, em 2018 e 2019, deve ser de 3%, de acordo com projeção do IPEA, Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada. A estimativa consta da Carta de Conjuntura divulgada nesta quinta-feira, pelo Instituto.

Na avaliação dos economistas do Grupo de Conjuntura do Ipea, a inflação, mesmo com o esperado aumento de preços dos alimentos, deverá fechar este ano em 3,6%, com cenário positivo para a recuperação do nível de atividade econômica do país. De acordo com os especialistas, o principal resultado positivo do primeiro bimestre do ano veio justamente da taxa de inflação.

Segundo os economistas, a inflação em patamar baixo mostra que há espaço para que a política monetária possa estimular o crescimento, sem grandes riscos de aumento de preços. O entendimento é que o resultado em 2018 será explicado principalmente pela expansão do consumo das famílias estimado em 3,4% e do investimento com projeção de 4,5%.

Já o consumo do governo deve registrar crescimento nulo, enquanto as exportações líquidas de bens e serviços devem contribuir negativamente para o resultado do PIB, com avanço das importações superior as exportações. O crescimento da indústria (3,6%) e dos serviços (2,9%) deve compensar a queda do PIB agropecuário, projetado para 2,2%.

Os economistas do Ipea preveem ainda um crescimento de 1,9% para o PIB do 1º trimestre do ano, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Fonte: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp