FAT terá R$ 9 bi do Tesouro no próximo ano

Ministério Público abre investigação sobre condições de trabalho de médicos cubanos
Centrais sindicais se reúnem com deputados pela derrubada do PL 4330
FATO Tesouro Nacional terá de fazer um aporte de R$ 9,37 bilhões para evitar um déficit no Fundo de Amparo ao Trabalhador no próximo ano, segundo previsão do Conselho Deliberativo do FAT, que aprovou ontem o orçamento para 2014. Esse valor representa um aumento de quase 80% em relação aos R$ 5,23 bilhões que espera-se que o Tesouro repasse em 2013.
O FAT paga benefícios como seguro-desemprego e abono salarial. “É um déficit relativo”, disse o presidente do Codefat, Quintino Marques Severo. Segundo ele, o aporte é necessário, entre outras razões, por causa das desonerações feitas pelo governo, que reduziram em as receitas com PIS e Pasep, uma das fontes de recursos do fundo.

Os comentários estão encerrados.

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp