Empresas exigem formação desnecessária

Prazo para cobrança é tema de repercussão
Estado cria cota para empresas contratadas

Um estudo da Firjan realizado esse ano mostrou que as companhias brasileiras estão elevando suas exigências na hora das contratações. Segundo o relatório, 69,1% das empresas ouvidas requerem, no mínimo, algum tipo de pós-graduação para profissionais de nível superior. Já para mais da metade delas, o diploma universitário é indispensável, inclusive, para profissionais de nível médio/técnico.

Entretanto, a perspectiva de apagão de mão-de-obra pode mudar essa tendência no setor de serviços e fazer com que as exigências sejam menores.  Com a perspectiva de crescimento do segmento nos próximos anos em função dos grandes eventos que o Brasil sediará, a falta de profissionais qualificados é critica.  Não existem profissionais prontos no mercado em quantidade suficiente para atender a demanda.  O resultado é que as empresas terão que investir, elas próprias na qualificação que desejam para seus profissionais.

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp