Dieese: em 2020, 38,5% dos reajustes tiveram aumento real

Com estoque no fim, cidades restringem vacinação e preveem até paralisar campanhas
Novo auxílio deve ter quatro parcelas de R$ 250; contrapartidas virão em 2 PECs

Estudo aponta ainda que reajustes iguais à inflação somaram 34,3% do total; e reajustes abaixo da inflação, 27,2%.

Assembleia com trabalhadores da empresa Tuba

O Dieese – Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos lançou um estudo sobre as negociações salariais em 2020. De acordo com o levantamento do Dieese, 38,5% dos 11.738 reajustes salariais analisados resultaram em aumentos reais de salário.

Reajustes iguais à inflação somaram 34,3% do total; e reajustes abaixo da inflação, 27,2%.

Apesar da maior incidência de reajustes iguais e acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (INPC-IBGE), a variação real média geral dos reajustes foi de -0,11%.

Os dados referem-se aos reajustes das datas-bases de 2020 registrados no Mediador até a primeira quinzena de 2021 e tem como referência a inflação calculada pelo INPC-IBGE.

Clique aqui e confira o estudo

Fonte: Radio Peao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp