Desejo ser demitido, meu empregador é obrigado a me mandar embora?

Fim das parcelas do Auxílio Emergencial e o valor do novo Auxílio Brasil
Empresa pode recusar atestado médico, descontar do salário ou demitir o trabalhador?

Entenda se o empregador é obrigado a mandar o funcionário embora quando ele deseja a demissão e quais são os direitos.

Por diversas vezes o empregado deseja ser demitido do seu empregado, porém uma dúvida muito comum é se o empregador é obrigado a mandá-lo embora.

No artigo de hoje vamos sanar essa dúvida e você vai conhecer quais são seus direitos, confira.

O empregador é obrigado a me mandar embora quando quero ser demitido? 

Primeiramente, o empregado não é obrigado a demitir o empregado, pois o mesmo deseja ser mandado embora.

Existe a possibilidade de tentar um acordo com a empresa e se o empregado não desejar o acordo a solução é realizar o pedido de demissão.

Afinal, o empregador não é obrigado a dar demissão por justa causa ao empregador, se o desejo de sair da empresa vem do trabalhador.

O ideal é que o pedido de demissão seja efetuado com 30 dias de antecedência, para cumprimento do aviso prévio.

O que eu recebo ao realizar o pedido de demissão?  

Quando o trabalhador solicita o fim do pacto laboral à empresa onde trabalha, ele terá direito de receber o seguinte:

  • Saldo de salário dos dias trabalhados;
  • 13.º salário proporcional;
  • eventuais férias vencidas mais o adicional de 1/3.

Até quando a empresa deve pagar as verbas rescisórias? 

Conforme a lei é estipulado um prazo para que o empregado receba as verbas rescisórias, ou seja, a empresa possui alguns dias para efetuar seu pagamento ao trabalhador.

Conforme a Lei Federal o empregador é obrigado a emitir o pagamento regular do último período de pagamento, confira o que diz o  art. 477 § 6 da CLT :

Art. 477 § 6 da CLT, o prazo para cumprir com o pagamento das verbas rescisórias do empregado tem que ser o primeiro dia útil após o final do aviso prévio trabalhado e até 10 dias corridos, se for o caso de aviso prévio indenizado.

Entretanto, existe uma redação da lei, onde é estipulado o prazo de 10 dias corridos do último dia trabalhado pelo empregado para o pagamento da rescisão feita pelo empregador.

Fonte: Jornal Contábil

Foto de capa: Freepik

frustrated-employee-disagreeing-receiving-dismissal-notice-getting-fired-from-job.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp