Confira a programação do 7º Congresso Nacional da Força Sindical

Papa Francisco chega ao Rio para a Jornada Mundial da Juventude
Centrais sindicais vão realizar manifestações entre os dias 6 e 30 de agosto

logoforçaDe quarta (24) a sexta-feira (26), em Praia Grande, a Força Sindical realiza o seu 7º Congresso Nacional. Estarão presentes cerca de 3.500 delegados que vão eleger a nova diretoria para os próximos quatro anos, debater uma série de temas de interesse trabalhista, sindical, social, econômico e político e definir formas de luta para garantir e ampliar direitos, gerar empregos e promover a cidadania.

Acompanhe mais notícias em: www.fsindical.org.br

Participação expressiva de estrangeiros

Noventa e seis dirigentes sindicais estrangeiros participarão do 7º Congresso Nacional da Força Sindical, que será realizado entre 24 e 26 de julho, na Praia Grande. “O mais importante será o intercâmbio, a troca de experiência e o fato de a Central estar ocupando os espaços internacionais”, informa Nilton de Souza , o Neco, secretário Internacional da Central, observando a importância da participação expressiva de dirigentes sindicais internacionais, entre os quais, as delegações da China, do mundo árabe, de países da África, como África do Sul e Angola, Venezuela, Argentina e Cuba, além de dirigentes da Europa e EUA.

Neco ressalta que a 5ª Conferência Internacional tem como principal objetivo estreitar as relações bilaterais da Força Sindical com as centrais sindicais internacionais. “A solidariedade nesse momento é fundamental para fortalecer o movimento sindical no mundo inteiro”, completou o dirigente.

Programação do encontro

O encontro entre brasileiros e estrangeiros inicia-se nesta segunda-feira (22), pouco antes do 7º Congresso, no Centro de Lazer da Fecomerciários-SP, na Praia Grande. Neste dia começa a 5ª Conferência Internacional , que terá a participação de 400 brasileiros e estrangeiros, que debaterão a crise internacional, o desenvolvimento sustentável, o Trabalho Decente, os direitos sociais, a informalidade e a seguridade social.

A abertura da 5ª Conferência será às 15 horas desta segunda-feira (22). Logo em seguida, serão realizados os painéis “Crise internacional: análise, impactos e conseq-ência para os trabalhadores” e “Processo de integração: importância, papel e inserção do movimento sindical e dos trabalhadores”.

Na terça-feira (23), pela manhã, os debates serão sobre “Desenvolvimento sustentável: análise e propostas para um modelo de desenvolvimento mais justo” e “Trabalho Decente: agenda hemisférica e diálogo social”.

À tarde, os dirigentes sindicais vão discutir o “Papel e perspectivas de sindicalismo: análise, estratégias e propostas sindicais para enfrentar a crise e desafios dos trabalhadores” e “Sistemas de seguridade social e informalidade: análise, desafios e proposta para uma vida digna”.

(Fonte: Força Sindical)

Os comentários estão encerrados.

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp