Centrais entregam pedido ao Governador Sérgio Cabral pelo Fim das Terceirizações e da Privatização da CEDAE

Participatório para jovens está disponível na internet
Empresa é absolvida de multa por atraso em verba rescisória vencida em dia não útil

centrais sindicaisAs centrais sindicais – CUT, CGTB, CTB, FORÇA SINDICAL, NCST e a UGT, motivadas pelo inconformismo e irresignação aos termos do Projeto de Lei nº 4330/2004, que sob o título de regulamentar a terceirização, desconsidera conquistas históricas do movimento sindical e dos trabalhadores, bem como as bandeiras e a pauta trabalhista defendidas pelas centrais sindicais manifestam o seguinte:

No quadro técnico anexado ao presente ofício, seguem detalhadamente as críticas e propostas das centrais sindicais para alteração do projeto de lei em tela, que tem como escopo “regulamentar a terceirização”.

As Centrais Sindicais dizem NÃO ao Projeto de Lei de nº 4.330/2004.
Não à terceirização da atividade fim do empregador.
Não à precarização de direitos trabalhistas.
Não à “quarteirização”.
Não à PRIVATIZAÇÃO da CEDAE.
Não à diferenciação das condições de trabalho para com o terceirizado em relação aos demais empregados do “tomador de serviços”.

As reivindicações constantes no ofício entregue ao Governador do Rio será entregue hoje as 10:00h, no Palácio Guanabara, pelos presidentes das Centrais Sindicais.

A população do Estado do Rio de Janeiro, aguarda um pronunciamento do Governador, em prol do respeito ao trabalhador e cidadão do estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa Força Sindical RJ

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp