Bancada feminina e ONU Mulheres atuam para aumentar participação na política

Terceirização: sem acordo na CCJ votação é adiada para setembro
Exposição a agentes nocivos em atividades não previstas em lei deve ser comprovada

onumulheresA bancada feminina da Câmara se reuniu com as representantes da ONU Mulheres para traçar metas que garantam, entre outras coisas, uma maior participação das mulheres brasileiras na política.
A representante da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman, afirmou que a reforma política pode ser uma oportunidade para aumentar a participação das mulheres brasileiras na política.

Nadine Gassman destacou a importância da parceria entre a bancada feminina e a ONU em relação a temas ligados às mulheres: “Nós podemos fazer uma parceria muito boa com a ONU Mulheres e com outras agências da ONU para avançar não só na participação política das mulheres, que é muito importante – nós sabemos que faz uma diferença na qualidade das leis, das políticas, dos programas – mas os temas que são importantes para as mulheres do Brasil.”

Comissão conjunta

A coordenadora da bancada feminina, deputada Jô Moraes (PC-B-MG), explicou que foi criada uma comissão para que as deputadas possam estar em contato com as representantes da ONU.

“Nós estabelecemos uma comissão que possa tratar com a ONU Mulher uma programação mais constante e mais permanente que extrapole o momento de troca de experiência, mas que seja uma atuação articulada, particularmente na América Latina e no Caribe”, informou Jô Moraes. 
Também participou da reunião a representante da ONU Mulheres para América Latina e Caribe, Moni Pizani.

Liderança e participação

A ONU Mulheres foi criada em 2010 e tem por objetivos principais desenvolver programas para aumentar a liderança e a participação das mulheres em cargos decisórios; eliminar a violência contra mulheres e meninas; engajar as mulheres em processos de paz e segurança e aumentar o poder econômico das mulheres.

Fonte: Agência Câmara/ Foto: Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados

Os comentários estão encerrados.

Sindicalize-se
Falar pelo WhatsApp
Enviar via WhatsApp