Suspensa a greve nacional do dia 5, mas as mobilizações estão mantidas

As centrais sindicais suspenderam a greve nacional do dia 5 de dezembro. Porém, a Força Sindical considera fundamental manter as mobilizações e manifestações já agendadas para o dia, nos locais definidos, contra a Reforma da Previdência, cuja votação foi adiada pelo governo – o que deve ser considerada uma vitória do movimento sindical e dos movimentos sociais.

Manifestações e atos organizados pelas Estaduais e categorias na capital e nas principais cidades do interior devem ser realizados no dia 5 como recado ao governo de que “se botar para votar, o Brasil vai parar”. Reafirmamos, portanto, que  foi suspensa pelas Centrais Sindicais a Greve Nacional (paralisação nos locais de trabalho) que estava prevista para o dia 5 e que será desencadeada caso o governo ouse colocar em votação uma reforma que é rejeitada pela maioria absoluta da população.

Da mesma forma, devem continuar as atividades de pressão sobre as bases dos parlamentares para que não votem em favor da reforma. Mais do que nunca precisamos permanecer em estado de alerta, vigilantes e mobilizados, para impedir a votação dessa nefasta Reforma da Previdência, que retira direitos fundamentais da classe trabalhadora.

Fonte: João Carlos Gonçalves – Juruna (Secretário-geral da Força Sindical)

Além disso, verifique

Meirelles: proposta de reforma da Previdência não está aberta a negociações

O adiamento, para fevereiro, da votação da reforma da Previdência, não implica a reabertura de negociações …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money